Hermenegildo Neto

E agora José?

Textos

I
De tão pretencioso um sonho
Que, porventura da vida, não o viveu
De tristeza, transbordou-se
E de desgosto morreu.

II
Foram tantos risos rasos
Que sua felicidade se perdeu
Foram tantos amores caros
Que o desejo de amar faleceu.
Hermenegildo
Enviado por Hermenegildo em 07/10/2021
Alterado em 07/10/2021


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras