Hermenegildo Neto

E agora José?

Textos

Infinitamente

Zzzzzzzzz

Não diga nada.
Ouça-me.

Sinta meu coração,
Que eu sinto o teu.

Toque-me,
Que eu lhe toco.

Deslize sobre as curvas do meu corpo,
Que eu deslizo sobre as tuas.

Abrace-me,
Que eu te abraço.

Ame-me,
Que eu te amo.

Possua-me,
Que eu te possuo.

Por esta noite, ao menos
Amanhã... amanhã sei lá.
Porque encontrar-te
Levou tempo
E ter-te
É vento, voa.
Por esta noite, ao menos.

E quando eu não me fizer presente
Você me ouvirá; me sentirá; me tocarás; me deslizará; me abraçará; me amará; me possuirá.
Assim como eu te ouço; como te sinto; como te toco; como te deslizo; como te abraço; como te amo; como te possuo.

Seremos um só
IN-FI-NI-TA-MEN-TE.

Mas por esta noite, ao menos
Não diga nada.






https://youtu.be/OClqOrevJos
Hermenegildo
Enviado por Hermenegildo em 18/03/2021


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras