Hermenegildo Neto

E agora José?

Textos

Minha Poesia

Minha poesia é triste.


Hei de findar meus versos.


Aposentar minha caneta,

Porque minha poesia é triste
E de tristonho já estou eu.

Não quero que ninguém padeça
Ou sofra boêmias alheias
De triste já basta a Morte
Não quero minha escrita soberba.

A loucura que me habita
Excede meu ser em poesia
A sanidade do poeta é deserta
Sã e alegre!? Que utopia seria!
Hermenegildo
Enviado por Hermenegildo em 16/01/2021


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras