Hermenegildo Neto

E agora José?

Textos

Eu bebo III
Eu bebo
Quero a loucura inconsequente
Pois essa vida é que me entristece
Quero a vivê-la bêbada contente
Não esta sobriedade que padece.

Hermenegildo
Enviado por Hermenegildo em 24/07/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras