Hermenegildo Neto

E agora José?

Textos

Estrada Sem Fim
Não vejo a luz no fim, dessa estrada matriz
Dessa estrada raiz, sem fim

A luz que já me guiou aos caminhos que fiz
Hoje escura maldiz, de mim

Já não é mais meu o sonho de um final feliz
Se é que bendiz, fora assim

Hoje sigo a lentos passos nessa alegria atriz
Dessa cuja estrada sem fim.

Hermenegildo
Enviado por Hermenegildo em 25/04/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras