Hermenegildo Neto

E agora José?

Textos

Paleta
Pedaços de minha paleta
Pedaços de meu coração
Vai chorando saudades
Nas cordas do meu violão.

Meu ser se inunda
Enquanto aqui se faz solidão
É como se sentir tão, tão só
Em meio à multidão.
Hermenegildo
Enviado por Hermenegildo em 16/04/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras